Voice Care

Consultorias e Treinamentos em Comunicação

Comunicação Masterchef Brasil — 08/07/2015

Comunicação Masterchef Brasil

Por: Fernanda de Morais

Que lições podemos tirar dos líderes nas provas do Masterchef Brasil?

RzWQFjp

Para quem assiste o programa Masterchef Brasil, além de se divertir e muito com os Chefs, também deve ter notado que o comportamento dos líderes nas provas em grupo tem chamado atenção e podem ser fonte de inspiração do que fazer ou não no processo de liderança.

No episódio do dia 08/julho/15, foi nítida a diferença nos estilos de liderança de Fernando Kawasaki, jovem, sisudo e centrado em ganhar, e Carla Correia, experiente, maternal e acolhedora.

Podemos listar algumas fortes características negativas da liderança de Fernando, como:

. Voz ríspida

. Fala aos gritos

. Expressão facial de desgosto o tempo todo

. Falta de flexibilidade e de postura

Como resultado, o desespero tomou conta do seu time que perdeu a motivação, o entrosamento, passou a discordar, perdeu o foco, e como previsto, perderam a prova.

Carla, por sua vez:

. Não administrou bem o tempo de execução da prova

. Não planejou a ordem de apresentação dos pratos

. Se desesperou nos minutos finais

Porém foi doce nas palavras, teve postura, liderou com assertividade e acolhimento, e ganhou a prova.

Fazendo um contraponto com a liderança dentro das empresas, notamos que os produtos e serviços mudam, mas o mau comportamento, a falta de sensibilidade e os problemas de relacionamento com o time continuam, o que impacta diretamente no resultado.

Dessa forma, podemos refletir, o quanto o comportamento é fundamental para alcançarmos o sucesso. Conhecimento, experiência e habilidades técnicas não funcionam sozinhos.

É impossível um bom líder não comunicar suas ideias com objetividade, direcionamento e principalmente adequando a forma ao ouvinte.

Ser empático, se colocar no lugar do outro é um primeiro passo para essa evolução: “ Como eu gostaria de ouvir a mesma orientação? “

Em um artigo de Mike Myatt publicado na revista Forbes, algumas da características da comunicação de um líder bem-sucedido são:

  • Seja específico: aprenda a se comunicar com clareza e concisão; o tempo é muito precioso.
  • Feche a boca e ouça: grandes líderes escutam o ponto de vista e aguardam sem julgar antes para depois darem o seu parecer; mantenha olhos e ouvidos abertos, e a boca fechada.
  • Fale com seu time como se estivesse falando individualmente: bons líderes falam para 5 ou 5000 pessoas e cada pessoa sente que a mensagem é diretamente para cada uma delas.

A lição que fica, é que investir um tempo pensando antes de falar vale muito `a pena para que sua liderança comunique boas ideias, integre e motive seu time.

Boa sorte!

 

 

Anúncios
Você faz apresentações? Conheça a importância dos 5 minutos. — 07/07/2015

Você faz apresentações? Conheça a importância dos 5 minutos.

Por: Fernanda de Morais

Se você costuma ver seu público olhando o celular, ou pior ainda, bocejando enquanto você fala, coloque em prática as orientações abaixo.

speaker-mics

 

Talvez seja a velocidade do pensamento, ou então a quantidade de tarefas por fazer, ou mesmo os estímulos visuais e sonoros que somos vítimas o tempo todo os grandes vilões, e por conta disso, o Banco Britânico Lloyde TSB realizou uma pesquisa e identificou que a média da atenção de um adulto, que há um ano era de 12 minutos, despencou para 5 minutos. Portanto, hoje, somos menos concentrados do que éramos, e chamar a atenção de alguém por meio do fala, tornou-se um desafio ainda maior.

 

Para quem fala em público, a falta de atenção dos ouvintes é um grande problema.

. O que fazer para largarem o celular e prestarem atenção?

. O que fazer para lembrarem o que foi dito?

Outro grande inimigo dos apresentadores é o tédio.

. Então o que fazer para tornar a apresentação interessante, mesmo que o assunto seja técnico e aparentemente “chato”?

 

Se você planeja fazer uma grande apresentação, que poderá ter grande impacto em sua carreira profissional, prepare-se para garantir o máximo que puder o interesse do seu público-alvo.

 

  • Pense se o PowerPoint é realmente necessário.

Utilizar qualquer ferramenta de apresentação é muito bem visto quando você domina a sequência de slides, quando usa o artifício como auxiliar e não como protagonista e quando as informações estão facilmente visíveis. Segundo Steve Jobs, quem sabe o que vai falar, não precisa de PowerPoint.

 

  • Se utilizar slides, o menos é mais.

Caso a sua apresentação tenha 30 minutos de duração, use de 5 a 10 slides e mantenha uma ideia por tela, utilizando palavras-chave e não frases completas ou textos, que tornam a apresentação cansativa.

 

  • Não é somente o trabalho.

As grandes apresentações trazem informações importantes, números e histórias de sucesso e insucesso, que fazem uma conexão emocional entre o apresentador e o público. Você será lembrado se contar uma rápida história pessoal, dizendo quem você é fora da empresa, ou mesmo uma passagem engraçada de sua vida.

 

  • Varie a sua voz.

Variar o tom de voz, a velocidade de fala e o volume é fundamental para garantir a atenção do público, pois a mensagem ficará dinâmica, interessante e de fácil compreensão.